Ser Elegante

Dicas e Textos

Home Dicas e Textos Cabelo masculino: ANO NOVO X NOVA APARÊNCIA



Cabelo masculino: ANO NOVO X NOVA APARÊNCIA

Homens são mais descomplicados do que as mulheres, na hora de escolher um corte, e, na maioria das vezes, muito conservadores em relação a grandes mudanças. Essa é a percepção do cabeleireiro Umberto Campanini, especialista em cortes masculinos. Homens são geralmente fiéis ao seu barbeiro ou cabeleireiro e procuram um corte prático que não dê muito trabalho no dia a dia. Para seus clientes, Campanini aconselha um corte curto, desfiado, que possa ser seco rapidamente e que não dê trabalho.

"Este é o tipo de corte clássico que agrada a maioria dos homens. O que difere é o tipo de cabelo e o formato do rosto do cliente. Por exemplo, se o rosto for alongado, o corte é mais curto na parte de cima e mais cheio nas laterais. Em rosto quadrado, corte mais curto na lateral e mais cheio em cima. Nossa meta é equilibrar o conjunto", explica.

As maiores preocupações dos homens hoje em dia são a queda de cabelo e o surgimento dos fios grisalhos. "No caso de queda de cabelo, recomendo sempre a ida a um dermatologista. Hoje em dia existem muitos produtos para tratamentos preventivos", explica Campanini.

Para cabelos grisalhos, o cabeleireiro argumenta que as tinturas dão resultado imediato, mas em pouco tempo as raízes brancas aparecem, já que o cabelo cresce em média um centímetro por mês. Fica muito artificial."O que indico é um reflexo inverso, em 30% dos cabelos grisalhos. Esta técnica não desaparece com o grisalho, mas dá um tom mais natural que ameniza o efeito de envelhecimento". Nada de rinsagem cinza azulado: out.....

Se você está interessado em buscar um novo profissional ou um novo corte de cabelo, eis nossas 10 dicas:

1. Pesquise

Esta é a pior parte porque demanda tempo e um pouco de paciência, mas garanto que seus esforços serão recompensados. O melhor é pedir indicação dos amigos. Você também pode se deparar com algum salão ou barbeiro que achou bacana. Neste caso, não hesite em perguntar se são especialistas em determinado tipo de corte ou estilo. Pergunte também se eles se consideram modernos ou conservadores.

2. Converse

Uma boa relação com seu barbeiro/cabeleireiro começa com uma conversa franca. Umberto Campanini explica: “É bom o cliente comentar sobre sua profissão, estilo de vida, se o cabelo tem redemoinhos, um lado específico de pentear”.

3. Explique

Mesmo que muitos homens tenham o mesmo corte ao longo de muitos anos, seu novo barbeiro ou cabeleireiro não é adivinho. Diga claramente o que quer e como quer, e aprenda a levar em conta as limitações de seu cabelo.

4. Escute

Você está nas mãos de um profissional. Um bom profissional sabe o que é adequado para cada caso. "Pelo comportamento do cliente, sua roupa, modo de agir, tipo de cabelo, já sabemos os tipos de cortes que podem cair bem", comenta Campanini.

5. Demonstre

Nem sempre sua medida é a medida do outro. Lembre-se de que o que é curto para você, não necessariamente é o mesmo para o profissional que está cuidando do seu corte. Para evitar arrependimentos, mostre a sua medida. A maioria de cortes não adequados é culpa de uma má comunicação.

6. Leve foto

Caso esteja interessado em mudar seu corte e viu algum de que gostou, não hesite em levar uma foto para o salão. Com esta imagem, o profissional pode sugerir alternativas para que o corte escolhido fique bem em você.

7. Seja realista

Existem cortes que podem disfarçar as famosas entradas, mas um corte não faz milagres. Se estiver ficando careca, nada de deixar o cabelo mais comprido atrás para penteá-lo para frente.

8. Corte a seco

O cabelo molhado tem um comprimento diferente do seco. Para definir o corte, peça ao profissional que o faça com seu cabelo seco, para depois lavá-lo e fazer a finalização.

9. Programe

Mesmo que seu profissional jure de pé junto que o horário não importa, vamos combinar que depois de um dia inteiro em pé, cortando cabelos, ele não estará na sua melhor forma. Prefira os horários intermediários, nem tão cedo e nem tão tarde.

10. Volte

O cabelo cresce em média um centímetro por mês. Ou seja, se você cortou muito curto, a vida útil do seu corte é menor. Se quiser manter o mesmo corte, deverá voltar no máximo em 30 dias. Caso sua opção seja por um corte mais longo, um mês e meio é o prazo de validade.

Colaborou com a coluna Paula Baraldi

Hora H agradece a colaboração de Umberto Campanini, especialista em cortes masculinos do Salão Ritz (São Paulo)- Ricardo Oliveros.

2009 - Ser Elegante - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade

Consultoria e Desenvolvimento para Web