Ser Elegante

Notas

Home Notas Gafes entre noivos e convidados



Gafes entre noivos e convidados

Quando o assunto é bom comportamento em cerimônias e recepções de casamento, logo vem à mente o convidado que aparece de branco, que bebe demais e dá show ou que guarda os docinhos da festa na bolsa.

Mas o foco desta matéria é outro: provar que os noivos também estão sujeitos a gafes e como eles podem evitá-las. Para tirar as dúvidas mais comuns dos noivos, o JáCasei conversou com Bia Abissamra, consultora de etiqueta da empresa Ser Elegante.

MAIS: Confira sete dicas para não fazer feio em casamentos

Nossa conversa teve como tema inicial os convites de casamento. Uma das dúvidas mais comuns dos noivos é como limitar o número de pessoas por família. Bia Abissamra explica: “para resolver essa questão, a solução é colocar no envelope o nome do casal ou da pessoa que tem relacionamento e, junto, um pequeno cartão para ser apresentado na entrada (indispensável a apresentação deste). No caso familiar, explicar o motivo da redução da lista (despesas, espaço físico, etc)”, diz. “Já os solteiros deverão receber um convite só, a menos que namorem há algum tempo ou que haja disponibilidade de lugares”, completa.

É certo ou errado incluir o cartão da lista de presentes no convite? Segundo a especialista, os modelos mais elegantes não possuem esse “lembrete”. “Caso os noivos queiram receber presentes escolhidos por eles de determinado lugar, é mais aceitável que isto seja passado boca a boca”, sugere. Sobre os vários tipos de listas existentes, Bia comenta: “os mais velhos ainda não veem com bons olhos as novas formas de presentear os noivos, enquanto os mais jovens encaram com naturalidade. Entretanto, é bom pensar muito bem antes da escolha, pois presente é algo que se recebe com carinho, sem imposição da escolha.”

A modernidade deixou de lado a obrigatoriedade de entregar os convites em mãos. Mas as regras não mudam quando os convidados são os padrinhos ou alguém mais idoso. E quanto ao horário a ser colocado no convite, escolha sempre o horário exato. “A noiva deve respeitar esse horário, sendo aceitável um atraso de 15 minutos”, conta.

É possível também convidar algumas pessoas apenas para a cerimônia. Mas atenção: nesses casos, a reunião precisa ser muito íntima, só para pais e padrinhos. “Afinal de contas, ninguém fica feliz em ter que se arrumar, gastar com presente e na hora da festa ser excluído, não e?”, lembra Bia. E se a preocupação é com a comida, a consultora ressalta: “um bom planejamento evita esse constrangimento. Nesses casos, um coquetel logo na chegada é muito bem-vindo”.

Outra situação embaraçosa é quando pessoas que não foram convidadas para a festa aparecem mesmo assim. Se os noivos conhecem os “penetras” e a quantidade não atrapalha a organização da festa, o melhor é esquecer e curtir a recepção que foi planejada com tanto afinco. “Mas se eles não forem bem-vindos, ou se o número de ‘não convidados’ ultrapassar o limite da tolerância, peça para alguém chamá-los em particular, explicar com delicadeza que a festa foi preparada para um determinado número de pessoas e que, infelizmente, não dá para acomodá-los”, indica Bia.

Caso um convidado beba demais e comece a incomodar, não adianta os noivos fecharem a cara e acharem que a festa acabou. “A solução é pedir para outra pessoa, com discrição, dar-lhe um ‘ultimato’ e, caso necessário, levá-lo pra casa”, diz a especialista.

Se o sonho dos noivos é casar em outra cidade, eles não precisam incluir no planejamento as despesas dos convidados. “Neste caso é cada um por si. Mas não deixa de ser uma atitude gentil a contratação de um transporte para todos”, explica Bia. Quando o estacionamento do local da recepção é pago, os convidados devem pagar, a não ser que os noivos possam e queiram oferecer o serviço de manobrista.

Bia lembra também que na hora de cumprimentar os convidados, os noivos precisam ser prudentes: se há uma recepção, não há necessidade de o casal esperar na porta da igreja. No local da festa, os anfitriões devem agradecer a presença, passando por todas as mesas. O microfone também serve para este agradecimento, caso o evento tenha muitas pessoas. E finaliza: “os presentes devem ser agradecidos, sempre, com um cartão que mencione qual foi a lembrança recebida”. Materia de Bia Abissamra para o site e Twitter JaCasei.

2009 - Ser Elegante - Todos os Direitos Reservados - Política de Privacidade

Consultoria e Desenvolvimento para Web